segunda-feira, 28 de setembro de 2009

Pode Acreditar, novo clipe do MD2 com os Rio Tavares Mother Fuckers na pousada Hi Adventure e Big Day Out em Brasília.

MD2 gravou seu mais novo clipe da música Pode Acreditar na Pousada Hi Adventure há dois meses atrás, como fui ao Mexico acabei vendo o clipe somente agora, valeu a pena todo o empenho da galera envolvida, pois o resultado final ficou mil graus, Marcelo nesse clipe mostra seu lado Skt, que por sinal foi uma influência determinante em sua formação musical, ele também faz uma pequena homenagem aos Rio Tavares Mother Fuckers, quando ele canta "vou conquistar o mundo junto com os meu parceiros" e lá estamos nós em um brinde ao tal domínio do mundo.
Nós somos os Rio Tavares Mother Fuckers e tudo começou mais ou menos assim:
O Léo Kakinho largou o skt e se mudou pra Floripa atrás de ondas no início dos anos 90, logo ele se juntou a André Barros e Rafa Bandarra para construir a pista que mais tarde se consolidaria como o Bowl da Hi Adventure, ponto obrigatório do skt na ilha.
Depois de alguns anos a vizinhança ganhou reforço, no ano 2000 me mudei pra Floripa e levei meus instrumentos, conheci o Léo e na sequência, Dranho e Eduardo da Drop Dead, que já estava ganhando força no mercado de Skt nacional e já começava a fazer um forte movimento underground de skt .
No ano seguinte entrei pra Drop Shoes e já me sentia em casa na Pousada, peguei todos meus instrumentos e levei pra lá, levei uma bateria, dois baixos que trouxe de Itanhaém e uma guitarra velha.
A galera foi se acostumando com o barulho e a Pousada começou a chamar a atenção dos fanáticos por som.

Um belo verão encontrei o Digão perdido saindo do surf, ele já conhecia o Rafa de Brasília, mas não sabia da localização do tal QG, pouco tempo depois ele já não saia mais da Pousada. O Bowl da Hi Adventure ou Bowl Léo Kakinho, como também é conhecido, ganhava força com a evolução musical que o Digão trouxe e começava a chamar a atenção de todos na ilha.
Surf pela manhã, skt com churrasco e som na parte da tarde até a noite!!! todos queriam fazer parte disso.
Em 2007 Digão passou 30 dias na Pousada, e foi 30 dias de rock n roll, impulsionando o som na Pousada de vez, como sempre fui fissurado, fiquei louco e logo resolvi montar uma banda.

Com o entrosamento entre surf e skt no bairro, surgiu a Barca do Binho, que foi parar no Sportv, o movimento dos RTMF ganhou força e notoriedade no Brasil todo, claro que pra galera mais antenada ao movimento.
Os Bife Killers nasceram graçås a grande quantidade de churrasco que rolou nesses últimos anos na Pousada Hi Adventure e as grandes sessões de skt, Marcelo Kozake é mestre em pegar carne de segunda e transfomar em de primeira, ou simplesmente fazer excelentes carnes, Nilton Urina e seu churrasquinho com 4 linguiças e 6 dúzias de pães que serviam mais de 10 bocas nervosas, Grillo por sua vez esquecia a prancha, mas não a picanha, que chegava carregada embaixo do braço e assim nossas reuniões começaram a ficar frequentes e bastante sérias, e quando menos a galera esperava, nós ja estávamos em um clube..
Assim surgiu os Bife Killers e o movimento dos Rio Tavares Mother Fuckers.

O skt sempre muito bem representado por Léo Kakinho, Marcelo Kozake, Oscar Mad, Wagner Ramos, Gugu Ramos, Marcelo Barnero, Pedro Barros, Mauro Mureta, Vi Kakinho, Afonso Mugiatti entre outros. E uma galera de peso como, Igor Cavalera, Zé Gonzales, Derrick Green, Black Allien, Alf do Rumbora, MD2, entre outros passaram para andar no bowl da Dog Town Brasileira ou apenas participar das jams sessions de Verão

No último verão o movimento se consolidou de vez, MD2 ficou vários dias na Dog Town, Digão estava na área e a musica comeu solta, session atras de session, festas e mais festas, teve um dia marcante que foi a festa da inauguração do bowl do Pedro Barros, o Ranch Bowl, MD2 se juntou aos Bife para fazer uma jam monstruosa, que por sinal parou o bairro todo e quase Florianopolis inteiro, até as viaturas mais próximas comparecem pra curtir um bom e saudavél rock n Roll

Depois da jam session histórica na pousada, decidimos que tinhamos que continuar com a banda e levar mais a serio, aqui estamos até hoje, vamos tocar nesse Sabado em Brasilia no campeonato de skt BIG DAY OUT, e após todas essas jams sessions acreditamos que podemos transmistir essa vibração pelos nossos instrumentos.
Levando uma vida regrada a base de muito churrasco e amizade, o Movimento Rio Taves Mother Fuckers nasceu para marcar época, unindo o útil ao agradavél, juntando a fome de comer com a vontade de tocar, nós vivemos como se o mundo fosse acabar no ano de 2012 "intensamente"

Confira o Clipe do MD2 na pousada Hi Adventture com a galera do Rio Tavares Mother Fuckers em peso
.



Bowl Ranch do Pedro Barros, Session com os RTMF Crew , inverno de 2009 com Pedro, Léo, Gugu entre outros


.................Festinhas na Dog Town............



.............Mad, MD2 e eu , Rio Tavares Mother Fuckers Moviment........


................Danilo Cerezine fazendo uma tattoo no estudio no RTMF comandado por David Scobar.....


.................irmãos Ramos não perdem uma session na pousada


................Oscar Mad mandando um Fucking Grind com a mão quebrada......


..............Jam histórica na pousada..............


.........Meninas da Dog Town...........


..............Edu Dead, o fotografo Bitão e Girão.....aqui tem mais de 200 anos de Skt.....festinha na pousada



..............Zé Gonz sempre coloca a galera pra dançar.........


................Grillo, Md2 e Gugu Ramos.......


.........Rafa Bandarra de azul, André Barros( vermelho), Kozake sem camisa e Dranho de preto.....


............Essa foto foi onde tudo começou, Digão( maluco por festas e musica) trouxe Alf do Rumbora( bermuda vermelha) que também é um maluco por musica, Urina( maluco por tudo) ao meu lado, Edu Dead( maluco por churrasco), Léo Kakinho( maluco por surf e skt) e Poly


.......bowl da Hi Adventure.........nossa casa, nosso estudio nosso playground....




..........Léo Kakinho veio pra Floripa em busca de Tubos e foi o que ele achou, esse tubão é no pico na Cruz( Dog Town), foto by Marcio David


.........Léo Kakinho no Ranch Bowl do Perdo Barros



..................Galera do surf e skt dentro do buzão durante a Barca........


.............Verdadeiro Barco Pirata, a galera da Barca voltando da Logoinha do Leste....


........Eu me escondendo do Sol atras de casa.......


.........Vi kakinho, o mais novo dos Rio Tavares Mother Fucker.......fazendo pose de gente grande.....


............Vi em um Lay Back ala Hosoi, ou ala seu Pai Léo Kakinho.....


...........André Barros também da seus pulos nas pistas e nas ondas.....


..........Pedro sempre voando alto...............seja na mega ou na mini rampa.....


.........Essa foto é cabulosa, Pedro em um Rock N Roll em sua pista ainda em construção, essa imagem pode definir quem ele é, da onde ele veio e pra onde ele vai, como diz o Md2, "conquistar o mundo" seria um objetivo não tão ambicioso pra o skt que tem....In Pedro we Trust



Big Day Out, os RTMF vão estar em Brasilia em peso no melhor estilo Zephir Team na era Dog Town
Para saber mais sobre o festival Big Day Out vá até a pagina oficial do evento.
www.bigdayout.com.br




..... Jam session com Black Allien no vocal ao lado da Fe Menegaldo, Léo Kakinho na batera, Marquin Garden Groove no baixo, eu nas Guitas tocando Holiday in Camboja dos Dead Kennedys no nosso estudio da Hi Adventure, isso acontece a todo momento e a qualquer hora.

5 comentários:

RTMF(Rio Tavares MoTher FUckErs) disse...

O Binho eh o sonoro dos RTMF. Rock in roll!!!!

fabio" binho "nunes disse...

Antes que alguém fale alguma coisa sobre esse texto aqui, quero adiantar que isso é uma parte da longa História dos RTMF, um dia vou escrever na Íntegra pra todos, mas por agora só deu pra Escever isso mesmo.

abrax

BINHO

Joka disse...

Irado, muito irado mesmo, SHOW!!! Corro escutando MD2 no berro...Valeu

Anônimo disse...

Karacoles muito bom esse bairro ae galera.
Isso é vida mesmo, aqui em Sampa é um inferno.
skt or die.
E som na caixa ae Galera do Rio Tavares,foom do ano colo ae pra Session.
Sumeno.

Rafa Bandarra disse...

essa é uma historia escrita no dia-dia por uma galera única que se encontrou e formou uma família que não para de crescer!!!!!!
"O que se leva dessa vida é a vida que se leva"