terça-feira, 2 de junho de 2009

BK no meeting da MCD e no Hangar 110

Dia 20 de Maio, o Bife Killers tocou mais uma vez no quartel general da MCD, desta vez foi durante o meeting com os representantes. Para completar, rolou churrasco e pinturas em camisetas com alguns artistas convidados, no melhor estilo Live Painting.
Na sexta feira da mesma semana, a MCD fez uma festa fechada no Hangar 110, um lugar legend, pois inúmeras bandas de renome já passaram por lá, e nós subimos ao palco para fazer mais uma de nossas apresentações em São Paulo.
Voltando pra trás, no começo da semana, foi mais ou menos assim: saímos de Floripa e chegamos em Sampa na segunda-feira a noite, ficamos hospedados na casa da Tati, que mais parecia um albergue, tava sinistro, mas tudo se compensava quando ela fazia uma comida japonesa, único momento de silêncio total, como pesssoas civilizadas. O Digão comia feito uma criança e depois logo dormia como um bebê feliz.


...casa da Tati ficou paracendo o Pavilhão 9 de tantas cabeças espalhadas pela sala...



....o lema do Digão é comer e depois dormir e nunca acordar com barulhos sonoros, então era a nossa hora de se divertir colocando cobertor rosinha e ursinho de pelúcia para ele agarrar com unhas e dentes...he,he,he..... dorme Nenem


Na terça estávamos prontos para ensaiar e nada do Danilo Grillo aparecer, começamos a ligar e ficar preocupados, então o Digão ligou pra ele e o primo dele atendeu, e o Digão perguntou: "cadê o Grillo?"
"tá remando de Stand Up Paddle indo pra ilha do pai dele", e o Digão retrucou: "avisa ele pra nos ligar, estou chegando em São Paulo daqui a uma hora e hoje tem ensaio".
Fomos ao estudio e nada do Grillo, então ensaiamos sozinhos e sem vocal, como o Digão também canta, nós resolvemos montar um set list para ele cantar no dia seguinte no Meeting da MCD, fizemos o nosso melhor, mas claro que ficamos putos pelo Grillo não ter aparecido, foi frustrante.
No dia seguinte acordamos e já fomos passar o som lá na MCD, pois no primeiro show que fizemos lá tivemos problemas técnicos, quase explodiu a aparelhagem. Rumamos pra lá e passamos o som quando pudemos, pois estava tendo o workshop, desfile de coleção e um churrasquinho animal, estávamos bem e se sentindo em casa, pois churrasco é nosso lema, somos os Bife Killers, tocamos em troca de churrasco e bebida!!!!!


...............Churrasco !!!!!!!! aqui vou eu !!!!!!!!

A noite começamos o show sem o Grillo, o Digão levou tudo numa boa, o show saiu redondo e no final aceleramos como sempre fazemos. Nesse dia a galera da MCD estava mais empolgada do que nunca e curtiram o show como se fossemos uma banda da casa, é o que nós aparentemente nos tornamos.
Nosso técnico de som mandou muito bem, som redondo, churrasco animal, bebidas à vontes e Bife no palco = diversão sem igual.



...... festinha rolando com comis e bebis pra esquentar a noite fria....



.......as camisetas do live painting prontas......


..........final do Meeting, fotinho de quem fez o lance acontecer.....


Bk em ação.....galera curtiu o som na maior vibe do mundo.........


No dia seguinte ligamos pro Grillo para tentar um novo ensaio, e avisamos que estaríamos tocando em um estudio secreto perto da praça Benedito Calixto em Pinheiros. O estudio por sinal era muito legal, parecia uma casa aconchegante. Os equipos de primeira e cerveja no freezer, o que mais vc pode esperar de um estudio? nada mais...

Marcamos com o Grillo e frisamos: "tráz tudo ok? pois estamos com mais músicas próprias para montar", e só faltavam as letras para fazermos o que seria a nossa terceira música.
Começamos o ensaio e nada saiu, as letras não apareceram, o Grillo ainda estava com a cabeça na Barra do Sahy e nós ficamos muito sem saber o que fazer, pois no dia seguinte queríamos fazer um bom show, como nós gostamos muito de tocar, sempre gostamos de quebrar tudo de um modo ou de outro, mas após esse ensaio nada parecia dar certo, a um certo ponto o Digão saiu do ensaio e fiquei lá tentando relembrar o Grillo de algumas letras, mas tudo parecia amnésia total.

Voltamos pra casa da Tati bolados e desanimados, ter uma banda não é nada facil, pois lidar com várias cabeças pensantes é bem complexo, o Digão já passou por isso várias vezes com os Raimundos e sabia bem como lidar com isso, mas mesmo assim ele ficou nocauteado com o nosso ensaio tosco, eu estava muito preocupado em fazer um show para 600 pessoas sabendo que o nosso vocalista não estava no tempo certo das músicas, fritei pra dormir e os caras também, pois descobrimos que nossa banda tem uma conexão musical muito boa e não queríamos perder isso de bobeira.
Na sexta resolvi algumas coisas e fui parar na Evoke com o James Santos, passamos para pegar alguns óculos e dar um alô pro pessoal, fim de tarde quase a noitinha rumamos pro Hangar para a passagem de som. Ainda estávamos com aquela impressão do ensaio anterior em nossas cabeças e teriamos que conversar com o Griilo para ele entrar no clima senão não daria pra ele fazer aquele show. Chegamos cedo e esperamos um bom tempo no lugar, conversamos e tentamos colocar ele na nossa vibe.
Iríamos tocar primeiro, então teríamos que passar o som depois da outra banda, esperamos uma eternidade a passagem da primeria banda, o tempo quase fechou por causa disso, pois os caras ficaram lá por mais de uma hora e nós ali esperando a nossa vez e já eram quase 9:30 quando começamos, mas em 20 minutos estávamos prontos .
Ficamos no camarim tomando alguns drinks com nossos amigos, James Santos, Fanta e Estephan Figueiredo, entre outros, era tudo nosso, o lugar estava lotado, o que fez a gente se concentrar para fazer um bom show.
Abrimos com Agent Orange, Ramones, Raimundos, The Cure até chegarmos na nossa música, "Resta Algo", o lugar veio abaixo, pelo menos no palco, pois eu estava lá e em outro mundo ao mesmo tempo, o Digão também estava virado em energia nesse dia, curtindo cada acorde pesadão de sua Gibson, Grillo cantou como nunca, sintonizado com a banda, saiu tudo perfeito.
Saimos do palco e tomamos mais alguns drinks para comemorar a nossa apresentação Explosiva
Fomos embora no carro do Marquinhos, um Palio que comportou ele, eu, o Digão e a Tati e todas nossas guitarras e equipos, fizemos mágica pra entrar naquele carro, mas chegamos bem com as nossas pernas adormecidas pela falta de espaço, mas valeu a pena, marcamos presença em mais uma noite de São Paulo, nos divertimos e conseguimos superar as barreiras na raça.


.................................Hangar 110


..............................passagem de som............


........................camarim antes da passagem de som.............Digão dormia feito uma criança no berço e Marquinhos queria colo do seu mais novo Pai Digão.....


.................no camarim depois da passagem de som e antes do show, eu estava fazendo uma limpeza no salão quando o fotógrafo tirou essa foto, as bandas Emo não iriam deixar publicar uma foto dessas...mas nós Bifes somos carniceiros por natureza.....


............... Hangar antes das portas se abrirem..........


.................depois do show com nossos amigos.........

...............Marco batera com cara de quem socou a batera e está pedindo água por favor........


............Palio mas perecia uma Van... mais do que aprovado!!!

6 comentários:

FUN disse...

Nossa foi Irado...... vamos marcar um desses nna minha cidadezinha..... BK rock live 2009.

s@r@!v@22 disse...

e ai binho blz ? é o saraiva q fez um som com vcs no hangar, ai q dia q vai ter ensaio da banda aki em sampa? to afimzaço d assistir o ensaio e quem sabe dar uma palhinha, se der entra em contato comigo,ai a foto ficou apapa d depois do show, valeu pelos amigos, 46470178 - 94143688.. abraço!!!

Anônimo disse...

Não fale mal de pessoas ausentes.
Boca fechada não expressa a fala e segreda e protege o pensamento. Tenha o controle da chave. Não abra-a para deixar sair o que poderá voltar contra você. Seja sábio, discreto, perspicaz.
Falar mal das pessoas na ausência é o mesmo que apunhalar pelas costas. Resguarde-se. Depois que é proferida a voz ela não volta mais para dentro da garganta.
Contenha o ímpeto de opinar. Pense, mas retenha para si mesmo sua opinião. Deixe surgir o momento adequado para expressá-la. Palavras maldosas são como lavas arremessadas pela boca; onde atingem, destroem.
Fale bem. O que existe dentro de uma pessoa pode ser "visto" pelas coisas que ela diz.
Faça da língua boa mensageira!
Aqueles que o ouvem saberão do seu íntegro caráter, e que você jamais falará deles quando estiverem ausentes.

fabio" binho "nunes disse...

Emo filho da putaaaaaaa, falo o que quero seu viadooooooo
desaparece do meu blog, isso aqui é para meus amigos, vai se fuderrrrrrr quem quer que sejaaa!!!!

CARALHOOOOO VOADORRRRRRRRR

s@r@!v@22 disse...

binho entra em contato comigo é o saraiva q fez um som com vcs no hangar, meu imail é bruno_saraiva22@hotmail.com
se tiver msn ou orkut me add por esse imail, seu souber d alguma banda q ta precisando d m guitarra ou um vocal me da um toque, to afim d fazer um som, quando rola um som??
aguardo resposta
abraço!!!

Joka disse...

kkkk Rachei o bico!!! (CARALHOOOOO VOADORRRRRRRRR) Foi f... kkkkkkkkkkkkk d+